ELEIÇÕES 2010: OS ELEITOS DA BOLA EM MG

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

As eleições de Marques e Gustavo Perrela para deputado estadual, me colocaram uma pergunta na cabeça:

Por que foram eleitos ?

Logicamente que o apoio das torcdidas de Atlético e Cruzeiro se tornou decisivo nas urnas.

Grato pelos anos dedicados ao Galo, profissionalismo e amor à camisa, a massa votou no ídolo.

Influenciada pelo presidente Zezé Perrela e pela boa campanha no Brasileiro, até agora, a China azul conseguiu eleger o mais jovem membro da dinastia.

Claro, o suporte finaceiro também foi importante para isso.

Convenhamos, Gustavo Perrela nunca chutou uma bola...

E não tem nenhuma experiência política e administrativa em qualquer área para chegar ao Legislativo tão rapidamente.

Torço para que façam um bom trabalho.

Mas quais são os projetos concretos deles ?

O que Marques e Gustavo fizeram até este momento para o bem do próximo ?

Essa de defender a banderia do esporte é velha...

Não aguento mais ver tantas personalidades do jornalismo e da bola fazerem trabalhos tão inexpressivos na Assembléia e na Câmara local.

No máximo atuam corporativamente e no quintal que os elegem.

Ou para se esconder átras de alguma imunidade parlamentar.

Os torcedores-eleitores precisam observar, cobrar, fiscalizar o trabalho deles.

A paixão, o escudo e a própria torcida são exploradas na maioria das vezes.

Muitos ex-atletas e jornalistas se agararram a profissão de político como tábua de salvação.

Procuram garantir a aposentadoria tranquila e serena.

Estes muitos, às vezes nem precisam..

É ganância mesmo.

Outros têm até boa intenção.

Mas no jogo da política, é muito comum atuar de forma suja.

O trabalho então não se destaca.

Nenhum projeto consegue ser aprovado.

Marques, Gustavo e o jornalista João Vítor Xavier têm uma boa chance de mudarem este quadro:

Chega de populismo, carreirismo político e olho grande.

Será ?

ATLÈTICO:

Bela e sofrida vitória sobre o Atlético-Go.

A determinação e melhora na condição física fizeram a diferença junto com o trabalho de Dorival Júnior.

A continuar assim, o Galo será salvo.

CRUZEIRO:

Precisa sair correndo da Arena do jacaré.

Favorece aos times menores e prejudica o próprio estilo de jogo do Cruzeiro.

O toque de bola e contra-ataques rápidos não têm funcionado em Sete lagoas.

Mais uma vez isso aconteceu contra o Atlético-PR.

Outra coisa:

O desgaste físico parece dar sinais de vida.

0 comentários:

Postar um comentário

Últimos Comentários

Ocorreu um erro neste gadget

Notícias - COPA 2010

  © BLOG ULISSES MAGNUS - Blogger Design by Emporium Digital