CLÁSSICO ATÍPICO

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Foto:vipcomm.com.br


O Atlético fez razoavelmente sua obrigação contra o Cruzeiro.

Time que quer ser o melhor ou estar entre os melhores, não pode perder a chance de vencer este tipo de jogo.

O mistão azul impôs uma certa dificuldade só no segundo tempo. E foi bom para o Galo.

Mais uma vez ficou claro que o Atlético não sabe jogar quando enfrenta forte marcação. Éder Luiz e Diego Tardelli desaparecem em campo.

Celso Roth precisa encontrar uma forma de a equipe ser menos previsível.

A expulsão de Zé Carlos foi de uma estupidez descomunal. Paulo César de Oliveira fez certo ao expulsar o atacante.

Engraçado, a violência se é coibida na raiz, muitos jornalistas atacam: “dizem que houve excesso de rigor na aplicação da lei”. Vai entender...

O público de 22.000 pagantes foi pequeno só porque o Cruzeiro vai decidir a Libertadores quarta-feira.

Ninguém tem dinheiro para gastar tanto em uma semana. Tá cheio de gente pessimista ao extremo.

É necessário entender que dinheiro não dá em pé de jabuticaba.

E mais: o Atlético tinha que vencer, conseguiu. O cruzeiro tem uma decisão histórica, razão total em pensar nesse título.

Foi um jogo atípico. Até os gols foram estranhos. Aliás, Andrey foi ridículo.

O nosso clássico sempre será o melhor do Brasil.

Veja os melhores momentos no globoesporte.com ou no link:
http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1079284-7824-OS+GOLS+DE+CRUZEIRO+X+ATLETICOMG+PELA+RODADA+DO+BRASILEIRAO,00.html


CRUZEIRO 0 X 3 ATLÉTICO-MG
Motivo: 10ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Paulo César de Oliveira
Gols: Júnior, aos 40 min, e Alessandro, aos 42 min do primeiro tempo; Éder Luís, aos 42 min do segundo tempo
Público: 22.583 pagante
Renda: R$ 424.612,23

CRUZEIRO
Andrey; Jancarlos, Neguete, Vinícius e Diego Renan; Fabrício, Elicarlos, Fabinho (Anderson) e Athirson; Thiago Ribeiro (Wanderley) e Zé Carlos.
Técnico: Adilson Batista

ATLÉTICO-MG
Aranha; Marcos Rocha (Alessandro), Werley, Welton Felipe e Thiago Feltri; Renan, Jonílson, Márcio Araújo e Júnior (Evandro); Éder Luís e Diego Tardelli.
Técnico: Celso Roth

Cartões amarelos: Marcos Rocha, Márcio Araújo, Serginho e Renan (Atlético-MG); Elicarlos, Athirson e Vanderley (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Zé Carlos (Cruzeiro)

0 comentários:

Postar um comentário

Últimos Comentários

Ocorreu um erro neste gadget

Notícias - COPA 2010

  © BLOG ULISSES MAGNUS - Blogger Design by Emporium Digital