CRUZEIRO NA FINAL

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Foto:vipcomm.com.br



O Cruzeiro já está na final da Libertadores. Afirmo, por causa da vantagem de perder por um a zero o jogo de volta e ter mostrado contra o Grêmio um bom futebol.

O time gaúcho esteve perto até de vencer. Claro, é o Grêmio, não qualquer equipe.

A falta de um especialista na lateral esquerda foi o principal problema de Adílson Batista.

Ficou um time capenga. Mas bem posicionado dentro do possível.

Gostei das atuações de Fábio, Fabinho, Wágner, Kléber e Wellington Paulista.

Aliás, o centroavante fez um gol que nada lembra sua condição de questionável titularidade.

Os 52 mil torcedores que foram ao Mineirão incentivaram o tempo todo.

Fizeram bonito, a parte que lhes cabiam.

Chegaram a se assustar com o gol sofrido. Com razão: os gaúchos vão vender caro a classificação.

Lá, pior do que aqui, a violência em campo pode atrapalhar o espetáculo.

O árbitro que saiu contundido e foi substituído estava sem comando do jogo. Estava perdido.

Deixou de dar cartões. Conversou. Não apitou. Espectador privilegiado da partida. Viu dentro do jogo.

O espírito de uma competição sul-americana já é de entrega e garra.

Com os nervos fora do lugar, uma desvantagem no placar e um árbitro péssimo, pronto: poderemos ter cenas lamentáveis.

Tenho ainda a acrescentar, o episódio lamentável envolvendo Eli Carlos e Max Lopes.

O argentino teria chamado o volante do Cruzeiro de macaco. Wagner teria testemunhado o fato. Vamos ver como será o desenrolar dos fatos.

A confusão entrou madrugada a dentro. Pólvora para a próxima partida ?
Se o caso for de racismo tem que ser apurado e resolvido.

Tomara que tudo isso, não passe do que está escrito aqui. Que tenhamos um grande jogo quinta que vem.

Sem violência. Disputado na bola. Quem sabe com um bom árbitro.

Ramires estará de volta. Gérson Magrão também. ]

Isso mesmo. Gérson Magrão fez falta.

Quem diria...


CRUZEIRO 3 X 1 GRÊMIO

Motivo: jogo de ida da semifinal da Copa Santander Libertadores

Data: 24/06/2009 (quarta-feira)

Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG

Árbitro: Enrique Osses (CHI) / Jorge Osório (CHI)

Público: 51.296 pagantes

Renda: R$ 1.387.664,94

Gols: Wellington Paulista, aos 37 min do primeiro tempo; Wagner, a 1 min, Fabinho, aos 21 min, e Souza, aos 33 min do segundo tempo

Cruzeiro
Fábio; Jonathan, Leonardo Silva, Thiago Heleno e Marquinhos Paraná; Fabinho, Henrique, Elicarlos (Jancarlos) e Wagner (Bernardo); Wellington Paulista e Kléber
Técnico: Adilson Batista

Grêmio
Marcelo Grohe; Thiego, Léo, Réver e Fábio Santos; Túlio, Adilson, Tcheco e Souza; Maxi López e Alex Mineiro (Herrera)
Técnico: Paulo Autuori

Cartões amarelos: Elicarlos (Cruzeiro); Tcheco e Marcelo Grohe (Grêmio)

0 comentários:

Postar um comentário

Últimos Comentários

Ocorreu um erro neste gadget

Notícias - COPA 2010

  © BLOG ULISSES MAGNUS - Blogger Design by Emporium Digital