GALO DISPENSA JOGADORES

terça-feira, 9 de junho de 2009

Foto:BrunoCantini.Atlético.com.br


A possível liberação de Élder Granja, Hugo e Fabiano,mostra que os clubes são reféns do poder dos treinadores.

Pedem contratações e dispensam jogadores como trocam de roupa e emprego.

Não estou no dia-a-dia para saber qual tem sido a relação entre eles e Celso Roth.

Acredito que se forem dispensados, é porque realmente não estão somando nada.
Afinal, o comandante não vai mandar embora quem está fazendo a diferença.

Mas o clube tem que consultar o seu departamento médico e físico, além de uma análise entre seus diretores para ver se compensa contratar, gastar, perder tempo em colocar um jogador inativo em forma. Isso quando consegue.

Fabiano e Élder Granja foram pedidos de Leão. Estavam sem jogar há meses, continuam,
e agora já vão de encontro ao técnico no Sport Recife.

Em 2005, ano do fatídico rebaixamento no Brasileiro foram umas 50 contratações. A cada distribuidor de camisas que chegava, lá vinha uma barca. Sempre com jogadores parados há tempos.

Hoje, o Atlético é diferente em muitos aspectos. O Galo é outro, dentro e fora de campo. Só não concordo, e isso, em todos os clubes, com essa facilidade de contratar e demitir.

Claro que a gente já cansou de ouvir falar de dirigentes, empresários e técnicos que ganham muito dinheiro com isso pelo mundo.

Mas essa gente tem que ser banida do futebol. Os clubes têm que limitar o poder dos treinadores.

E o engraçado é que: O técnico de futebol é o único empregado que não admite receber ordens do patrão.

Se um presidente negar contratações ou dar uma “sugestãozinha” sobre uma possível escalação, o mundo cai, e eles gritam pedindo demissão.

Em tempo: Celso Roth é quem vai dar a palavrinha final sobre a dispensa dos jogadores.
Entre Atlético e Sport já está tudo certo.

1 comentários:

Bessas 9 de junho de 2009 21:46  

Ulisses,
No caso em questão estes ditos jogadores realmente veio a pedido do Leão, no entanto o Atlético não desembolsou nada para contratá-los, além dos salários "de risco é claro."Portanto nesse caso o Atlético não perdeu em nada.

Postar um comentário

Últimos Comentários

Ocorreu um erro neste gadget

Notícias - COPA 2010

  © BLOG ULISSES MAGNUS - Blogger Design by Emporium Digital